28 de Setembro de 2017 | Atualizado em 24 de Maio de 2022
Por Assessoria de Comunicação SESAPI - secsaudepi@gmail.com

Central de Transplantes faz homenagem à família de doadores

Para agradecer as famílias doadoras e lembrar a importância da doação de órgãos

Central de Transplantes faz homenagem à família de doadores

Para agradecer as famílias doadoras e lembrar a importância da doação de órgãos, a Central de Transplantes do Piauí realizou uma missa de Ação de Graças em comemoração ao Dia Nacional de Doação de Órgão e Tecidos, comemorado nesta quarta-feira (27). A celebração aconteceu na capela do Hospital Getúlio Vargas e contou com a presença de familiares dos doadores, transplantados e daqueles que estão na fila de espera, em busca de uma nova chance de vida.

“Esse é o momento de agradecimento a essas famílias que nos ajudam a aumentar o número de doações no nosso estado, sem elas nada disso poderia estar acontecendo. Também é uma oportunidade de lembrar que muitos estão bem, após essa nova oportunidade de vida e que ainda há muita gente na fila de espera, aguardando a tão esperada doação”, lembra a coordenadora da Central de Transplantes do Piauí, Lourdes Veras.

A dona de casa Maria das Dores, mãe doadora, lembra o quão valioso foi seu gesto para dar uma nova chance àqueles que estão passando por tratamento. “A vida do meu filho acabou, mas eu não podia deixar que outra pessoa não tivesse a oportunidade de seguir a sua com esperança. A doação para mim foi um gesto muito importante e hoje vendo essas pessoas aqui, que passaram por transplantes ou estão esperando, me deixou muito feliz e emocionada”, relata. 

Além da celebração religiosa a Central de Transplantes também fez um momento de confraternização entre presentes, na oportunidade eles puderam conferir uma apresentação do grupo de capoeira das crianças do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e da Orquestra Sinfônica de Teresina.

“Está aqui nesse momento me enche o coração de alegria, pois reunir as famílias doadoras com os transplantados reacende uma esperança na gente. Isso é importante para que cada dia mais a população esteja consciente do seu papel no processo de doação de órgão, pois só a família pode  autorizar que a doação seja feita”, ressalta Gilson Cantuári, coordenador técnico  Organização de Procura de Órgãos e Tecidos ( OPO).

As comemorações pelo Dia Nacional de Doação de Órgão vão até o dia 30 de novembro, quando acontecerá uma mobilização no Parque da Cidadania, a partir das 16h30. “Esperamos toda população lá! Vamos ter entrega de brindes e uma apresentação musical. Nosso objetivo é alertar a população da importância de se informar a família do desejo de ser um doador”, afirma a Lourdes Veras.

Por: Amanda Dourado