14/02/2018 - 17h52
Por Assessoria de Comunicação SESAPI - secsaudepi@gmail.com

Rede hospitalar estadual atendeu mais de 8.800 pacientes durante o carnaval

Dos pacientes transferidos, mais de 60% foram para os Hospitais de Parnaíba e Floriano

Tamanho da fonte  

Levantamento parcial da Secretaria de Estado da Saúde aponta que treze hospitais da rede estadual atenderam 8.890 pacientes na urgência e emergência, durante o carnaval, no período compreendido entre sexta, 9, a terça, 13. Os dados mostram ainda que menos de 1,5% de pacientes foram transferidos, sendo que a maioria foi para o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, que recebeu mais de 40% dos pacientes, e o Estadual Dirceu Arcoverde(HEDA), em Parnaíba, que não realizou nenhuma transferência para Teresina.

Os dados mostram o quanto os hospitais do interior são resolutivos, uma vez que praticamente a totalidade da assistência em média e alta complexidade ficou concentrada na rede estadual, em dois pontos estratégicos: Parnaíba e Floriano, que receberam mais de 60% dos 112 pacientes transferidos e mais de 30%  das entradas registradas durante o período na rede estadual. Ao somar as entradas no Hospital Regional Justino Luz, em Picos, esse percentual sobre para mais de 46% dos atendimentos.

O HEDA, em Parnaíba, além de não ter transferido nenhum paciente para Teresina, recebeu 25 transferências, vindos principalmente de Esperantina e Luzilândia. O Hospital atendeu 1.195 pacientes, realizando também procedimentos cirúrgicos, como de neurocirurgia e ortopedia. Também foi realizada uma cirurgia de urgência de buco-maxilo, procedimento este que fora implatado em janeiro, como eletivo, e por já ser realizado no Hospital, evitou a transferência para a capital. 

O Hospital de Floriano destacou-se pela resolutividade dos atendimentos, uma vez que das 112 transferências em toda rede estadual, o Tibério Nunes recebeu 46 pacientes, vindos principalmente dos hospitais de São Raimundo Nonato, Uruçuí, Corrente, São João do Piauí, Oeiras, Bom Jesus, Picos e Amarante, consolidando o Hospital como referência na assistência médico-hospitalar de toda região sul. Ali também foram atendidos cerca de 1.800 pacientes, com 83 cirurgias realizadas, sendo que somente em neurocirurgia, foram sete procedimentos e 28 em ortopedia.

Os números dos atendimentos e a resolutividade na assistência especialmente durante o carnaval é fruto do plano de contingência elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde para o período, por conta do aumento significativo nas entradas das urgências e emergências. Todos os Hospitais Regionais tiveram reforços nas equipes e em insumos, que objetivavam dar uma maior resolutividade aos atendimentos de urgência e emergência na própria região ou uma transferência com menos riscos para outros Hospitais de referência.

Para o litoral, houve mobilização maior por conta do intenso fluxo de foliões que foram para a região. Ambulância e equipe formada por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem deram suporte nas urgências pré-hospitalares, no Centro Integrado. Somente aqueles casos mais graves foram encaminhados para o HEDA, o que desafogou sobremaneira as entradas no pronto-atendimento.

Os pacientes atendidos passaram por, ao menos, dois tipos de procedimentos, destacando os exames laboratoriais e de imagem, que totalizaram cerca de 7.000 exames. Os hospitais também realizaram cirurgias, entre eletivas e de urgência, com 205 procedimentos realizados, principalmente as de ortopedia e neurocirurgia. 

Dados referentes ao período de 9 a 13 de fevereiro dos Hospitais:
Hospital Regional de Campo Maior: 502 pessoas atendidas 
Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital Regional Deolindo Couto – Oeiras: 631 pessoas atendidas 
Hospital Regional Julio Hartman – 629 pessoas atendidas 
Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital Regional Senador Cândido Ferraz – São Raimundo Nonato: 630 pessoas atendidas 
Hospital Regional João Pacheco Cavalcante – Corrente: 252 pessoas atendidas 
Hospital Regional Teresinha Nunes de Barros – São João do Piauí: 421 pessoas atendidas 
Hospital Regional Manoel de Sousa Santos – Bom Jesus: 542 pessoas atendidas 
Hospital Regional Tibério Nunes – Floriano: 1.781 pessoas atendidas 
Hospital Regional Francisco Ayres Cavalcante – Amarante: 308 pessoas atendidas 
Hospital Regional Justino Luz – Picos: 1160 pessoas atendidas 
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – Parnaíba: 1.195 pessoas atendidas 
Hospital Regional Gerson Castelo Branco – Luzilândia: 457 pessoas atendidas 
Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde – Uruçuí: 382 pessoas atendidas 

Por Graciene Nazareno
 


Comente!


19/02/2018 as 16:37h

Neurocirurgia em Floriano reduziu 50% das transferências para Teresina

Serviço completou um ano de implantaçãol no sul do Estado 

19/02/2018 as 12:29h

Hospital de Luzilândia inaugura ampliação do centro cirúrgico

Além de receber equipamentos do Renova Saúde é uma ambulância

18/02/2018 as 10:02h

Trabalho da Evangelina volta a ser destaque em rede nacional

Nos últimos seis meses a maior Maternidade pública do Estado já foi notícia nacional três vezes

18/02/2018 as 09:58h

Hospital de Luzilândia recebe equipamentos e autorização para iniciar licitação da reforma  

Com os novos equipamentos, o Hospital vai realizar procedimentos de alta complexidade

16/02/2018 as 15:11h

Piauí mantém redução de casos de dengue

Dados apontam redução de 34,5% dos casos

16/02/2018 as 12:39h

HGV realiza mutirão ortopédico neste sábado (17)

Os mutirões em diferentes áreas médicas já beneficiaram cerca de 3.050 pessoas.